Fechamento B.Side: Ibovespa cai aos 124 mil pontos com temores sobre intervenção da China e com o mercado à espera de Fed; dólar opera estável

Assets, Fundos & Gestores

Fundos multimercado macro juntam os cacos após tombo no Brasil e aumentam posições no exterior

2021 definitivamente não tem sido um ano fácil para os fundos multimercados, principalmente os da categoria macro, isto é, aqueles que têm uma estratégia...

Inflação no Brasil deve atingir pico em setembro, projeta Vinland Capital

Pela primeira vez em 2021, o Boletim Focus, relatório publicado pelo Banco Central com a mediana das expectativas do mercado, divulgado nesta segunda-feira (16),...

Mercado está ignorando risco de racionamento em 2022, diz CIO da RPS Capital

Um possível racionamento de energia em 2022 é um assunto pouco abordado atualmente no mercado, mas que tem um potencial relevante para ganhar os...

Fundamento do bitcoin não mudou mesmo com forte queda, afirma Hashdex

Após atingir o topo histórico em abril, cotado acima dos US$ 63 mil, o bitcoin passou por um movimento de queda livre nos meses...

Em um clima de maior aversão a risco para mercado emergentes, o Ibovespa registrou queda de 1,10%, aos 124.612,03 pontos, também impactado pela cautela que tomou conta dos mercados acionários de olho em questões regulatórias impostas pelo governo da China a empresas de tecnologia e educação do país asiático.

Em Wall Street, as bolsas americanas fecharam em baixa, repercutindo o pessimismo global e em um movimento de realização de lucros, após as bolsas renovarem máximas históricas. Este foi o primeiro revés em seis pregões para os índices acionários de Nova York. O mercado ainda aguarda a decisão de política monetária do Federal Reserve, o banco central americano, amanhã.

No mercado de câmbio, o dólar à vista iniciou o dia em queda, diante do cenário de aumento de apostas de elevação da taxa Selic em 1 ponto percentual na reunião do Copom na semana que vem, contudo virou para um ritmo de alta com o clima de cautela no exterior. No fim da sessão, a moeda americana voltou a cair e encerrou em leve recuo de 0,06%, cotada a R$ 5,1775.

Destaques da Bolsa

As ações do setor bancário encerraram no campo positivo, beneficiadas pela perspectiva de aumento da taxa básico de juros. Itaú Unibanco PN subiu 0,98%, Bradesco PN avançou 0,79% e Banco do Brasil ON ganhou 0,47%.

Já os papéis de CPFL ON registraram a maior alta do dia, com valorização de 1,89%.

Pelo lado negativo, as ações de empresas ligadas a commodities tiveram um dia de perdas. Mesmo com o minério de ferro fechando próximo da estabilidade, as ações de Vale ON caíram 2,08%, assim como CSN ON que registrou baixa de 1,01%. Siderúrgicas também se desvalorizaram, casos de Usiminas PNA (-3,30%) e Gerdau PN (-3,59%).

Outra commodity que operou sem grande volatilidade foi o petróleo, mas mesmo assim os papéis de Petrobras ON e PN recuaram 0,43% e 1,17%, respectivamente.

Publicidade

Recomendado

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Recentes

Fechamento B.Side: bancos e commodities puxam Ibovespa para cima na contramão de NY; dólar sobe a R$ 5,37

Impulsionado pelo bom desempenho das commodities e do setor bancário, o Ibovespa registrou leves ganhos de 0,27%, aos 113.583,01 pontos. A alta do minério...

B.Side Daily Report: bolsas globais não definem sinal único em dia de valorização de commodities; Focus mostra 25ª alta seguida do IPCA

Bolsas iniciam a semana com desempenhos mistos Os índices futuros de Nova York não definem sinal único, enquanto as bolsas europeias operam majoritariamente no campo...

Fechamento B.Side: Ibovespa recua aos 113 mil pontos pressionado por exterior negativo e inflação persistente; dólar sobe a R$ 5,34

Contaminado pelo clima de maior pessimismo no exterior, o Ibovespa encerrou a sequência de três altas consecutivas e registrou queda de 0,69%, aos 113.282,67...

O futuro da Apple depois de seu último lançamento

Na semana passada, a Apple apresentou a sua nova linha de produtos, com mudanças em todos os segmentos, ainda que sem grandes novidades tecnológicas...

B.Side Daily Report: bolsas globais recuam com temores renovados sobre Evergrande; mercado monitora IPCA-15 de setembro

Bolsas globais caem com temores renovados sobre Evergrande Os índices futuros de Nova York e as bolsas europeias operam em queda nesta sexta-feira, após a...
Publicidade