B.Side Insights

Daily report

Fechamento B.Side: Ibovespa acumula desvalorização de 0,91% e dólar sobe 1,07% na semana

Fechamento B.Side:  Ibovespa acumula desvalorização de 0,91% e dólar sobe 1,07% na semana

Em linha com o apetite a risco reduzido visto nos mercados acionários de Nova York, o Ibovespa registrou leve alta de 0,08% na sessão desta sexta-feira, aos 119.662,38 pontos. Hoje, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, se reuniu com representantes de bancos privados em São Paulo. Após a reunião, o presidente da Febraban (Federação Brasileira dos Bancos), Isaac Sidney, declarou que Haddad “não só está determinado a buscar o equilíbrio das contas do governo, mas também expandir esse diálogo para o Congresso Nacional, e com todo o empresariado brasileiro”. Entre os indicadores econômicos, o IBC-Br reportou leve avanço de 0,01% na comparação com o mês anterior, informou o Banco Central, bem abaixo da projeção do mercado de valorização de 0,40%. Na semana, a Bolsa brasileira acumulou desvalorização de 0,91%.

Em Wall Street, as bolsas americanas não definiram sinal único, mas encerraram o dia muito próximas da estabilidade, diante de uma agenda esvaziada em termos de indicadores econômicos. O dado que trouxe algum desconforto foi o sentimento do consumidor, divulgado pela Universidade de Michigan, que recuou de 69,1 em maio para 65,6 em junho, bem abaixo da estimativa de 71,5 pontos. Já as expectativas de inflação para os próximos 12 meses se mantiveram inalteradas em 3,3%, enquanto, para o período de cinco anos, subiram de 3,0% para 3,1%.

No mercado de câmbio, o dólar à vista registrou avanço de 0,25%, cotado a R$ 5,3821, em linha com o movimento de valorização global da moeda americana, diante de dúvidas em relação a processos eleitorais na Europa, especialmente na França. Após manutenção de juros anunciada pelo Banco do Japão (BoJ), o iene teve mais um dia de perdas. Na semana, o dólar subiu 1,07%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigo anterior Morning Call B.Side: IBC-Br fica praticamente estável e frusta expectativas do mercado; bolsas operam no vermelho nesta sexta-feira
Próxima artigo Morning Call B.Side: Decisão do Copom é destaque da agenda doméstica na semana com expectativa de manutenção de juros