B.Side atinge marca de R$ 1 bilhão sob assessoria em menos de um ano de operação

Assets, Fundos & Gestores

Helius Lux Long Biased gera retorno de 54,42% em seu primeiro semestre de operação

Uma das assets independentes mais novas do mercado, a Helius Capital completou no dia 30 de abril seus primeiros seis meses de operação. E...

Multimercado Neo Provectus se destaca pela resiliência em crises e pela descorrelação com outros fundos da indústria

Resiliente contra crises e descorrelacionado com outros fundos da indústria da mesma categoria. São essas duas características que tornam o fundo multimercado Neo Provectus,...

Fundos Clave Total Return e Clave Long Only tem data de abertura prevista para 31/05

Recém-lançada por Rubens Henriques, ex-CEO da Itaú Asset, a gestora independente Clave Capital já levanta uma tremenda expectativa do mercado para 2021. O carro-chefe...

Canvas Capital chama a atenção para investidor também olhar para perenidade de uma asset independente

Além de entregar retornos consistentes e assimétricos a seus cotistas, uma asset independente também precisa se preocupar em manter um negócio perene, que vá...

Em menos de um ano de operação, a B.Side Investimentos atingiu a marca de R$ 1 bilhão sob assessoria. A empresa, inclusive, recebeu no final de fevereiro o prêmio BTG Pactual como um dos dez melhores de assessoria de investimentos em 2020, quando havia completado apenas seis meses de atividade.

A B.Side conta atualmente com dois escritórios, sendo a matriz sediada em São Paulo e a filial em Belo Horizonte.

Começar um negócio do zero já é desafiador por si só. Iniciar uma operação durante uma pandemia que afetou a rotina do mundo todo foi um obstáculo adicional sem precedentes, mas que foi superado com louvor. “Considerando que abrimos as portas em plena pandemia de covid-19 no País, bater o primeiro bilhão nos motiva a crescer ainda mais”, destaca Rafael Christiansen, sócio-fundador da B.Side. E os planos para o futuro seguem ambiciosos. “Queremos seguir conquistando mercado em um segmento de clientes exclusivos, que investem alto e demandam atendimento técnico e personalizado.”

Formada pela percepção de que havia uma oportunidade em um mercado com grande potencial de investimento e demanda por um atendimento de excelência, a B.Side atende clientes que têm entre R$ 3 milhões e R$ 20 milhões de patrimônio financeiro e que não recebem a atenção devida nos privates dos grandes bancos.

Recentemente, a B.Side lançou uma nova linha de negócios dentro de sua operação: a B.Side Essence, um canal de atendimento criado com o objetivo de levar a essência do segmento private também para o público de alta renda, com patrimônio a partir de R$ 100 mil.

Em processo de acelerada expansão do time comercial, a B.Side conta com uma equipe de 30 pessoas, incluindo relationship managers e demais profissionais. Em breve, o escritório deverá anunciar novos nomes do mercado financeiro que se juntarão à operação.

Publicidade

Recomendado

1 COMENTÁRIO

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Recentes

Fechamento B.Side: antes de Super Quarta, Ibovespa cai mas mantém 130 mil pontos e dólar recua a R$ 5,04

Antes da "Super Quarta", que contará com as decisões de política monetária no Brasil e nos Estados Unidos, e refletindo o cenário de maior...

B.Side Daily Report: mercado segue à espera de decisões de Fed e Copom; MP da Eletrobras continua no radar

Bolsas operam sem fôlego à espera de Fed Os índices futuros de Nova York operam em leve alta, assim como as bolsas europeias que estão...

Fechamento B.Side: Ibovespa retoma 130 mil pontos com notícias sobre vacinação e MP da Eletrobras; dólar cai a R$ 5,07

Beneficiado por notícias positivas envolvendo uma vacinação mais acelerada, principalmente em São Paulo, e diante de perspectivas positivas a respeito da MP que tratará...

B.Side Daily Report: bolsas globais operam no campo positivo antes de ‘Super Quarta’; Focus traz aceleração do IPCA e do PIB para 2021

Bolsas globais iniciam a semana no azul Os índices futuros de Nova York e as bolsas europeias operam no campo positivo, com os mercados aguardando...

Fechamento B.Side: na contramão de NY, Ibovespa recua aos 129 mil pontos; dólar sobe a R$ 5,12

O último pregão da semana foi marcado pela cautela dos investidores. Fica no radar a Super Quarta, na semana que vem, com as decisões...
Publicidade