Fechamento B.Side: Ibovespa encosta nos 126 mil pontos com apetite local reduzido; dólar cai a R$ 5,19

Assets, Fundos & Gestores

Fundamento do bitcoin não mudou mesmo com forte queda, afirma Hashdex

Após atingir o topo histórico em abril, cotado acima dos US$ 63 mil, o bitcoin passou por um movimento de queda livre nos meses...

Conhecida entre os single e multi family offices, RPS Capital abre leque para captação em plataformas de investimento

Bastante conhecida entre single e multi family offices, a RPS Capital, asset com aproximadamente R$ 3 bilhões sob gestão, agora também está disponível nas...

Acabou o grande “boom” dos Estados Unidos, afirma CIO da O3 Capital

Depois de um primeiro semestre de 2021 forte para a economia americana, apoiada por um pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão, uma política monetária...

O3 Capital completa seis meses após abrir para captação estratégia de 7 anos de Abilio Diniz

Antes focada exclusivamente na administração de recursos da Península, holding de investimentos do empresário Abilio Diniz, a gestora O3 Capital completou seis meses desde...

Sem definir um sinal único ao longo do dia e com desempenho mais tímido do que os mercados acionários de Nova York, o Ibovespa encerrou o dia com valorização de 0,42%, aos 125.929,25 pontos, beneficiado pelo bom desempenho da maioria das blue chips. Investidores seguiram atentos a questões relacionadas a Brasília, com foco na relação entre o governo federal e a base aliada no Congresso Nacional.

Entre os indicadores econômicos, segundo a Receita Federal, a arrecadação federal de impostos teve uma alta real de 46,77% em junho ante mesmo período de 2020 e chegou a R$ 137,169 bilhões. Com o desempenho do mês passado, o recolhimento em seis meses alcançou a marca de R$ 881,996 bilhões, uma valorização real de 24,49% em relação ao semestre do ano passado.

Em Wall Street, as bolsas americanas fecharam no azul, dando prosseguimento ao movimento de recuperação de ontem e reforçando a visão de que houve um exagero do mercado na segunda-feira, quando diversos índices globais tiveram seu pior desempenho no ano. Por lá, os balanços corporativos também estão no foco dos investidores. Netflix caiu mais de 3%, penalizada pelos resultados mais fracos do que o esperado. Já Coca-Cola se valorizou após divulgar números positivos.

No mercado de câmbio, o dólar à vista transitou durante a sessão entre altas e baixas, mas no final do dia terminou com desvalorização de 0,76%, cotado a R$ 5,1916, alinhado ao desempenho negativo da moeda americana ante a maioria das divisas emergentes.

Destaques da Bolsa

As ações de IRB Brasil ON dispararam 8,50%, depois da notícia de que o bilionário Luiz Barsi, um dos maiores investidores individuais da B3, alcançou uma participação superior a 1,5% do capital social da empresa. Além disso, o ressegurador divulgou números referentes a maio, com um lucro líquido de R$ 7,5 milhões, revertendo prejuízo de R$ 202,1 milhões no mesmo período em 2020.

Já os papéis de Braskem PNA aceleraram 4,59%, com o mercado atento aos desdobramentos de venda da petroquímica.

As ações de Embraer ON tiveram alta de 3,00%, após a empresa anunciar que entregou 34 aeronaves no segundo trimestre de 2021, sendo 14 comerciais e 20 executivas. A fabricante de aeronaves também dá sequência à valorização de ontem, quando subiu 5,90%.

Entre as blue chips, o clima também foi positivo. Vale ON avançou 1,15%, Petrobras ON ganhou 1,61%, Itaú Unibanco PN se valorizou 0,41% e Ambev ON registrou ganho de 1,00%.

Pelo lado negativo, os papéis de Lojas Americanas PN (LAME4) e de Americanas S.A ON (AMER3) caíram 5,16% e 5,67%, respectivamente, com o mercado ainda ajustando o preço da nova companhia, uma fusão da B2W com os ativos de Lojas Americanas, e com analistas citando desconforto sobre a questão societária.

Publicidade

Recomendado

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Recentes

B.Side Daily Report: bolsas globais apresentam tendência de alta após decisão do Fed; balanço da Vale, Caged e IGP-M são destaques

Bolsas globais sobem após reunião do Fed Os índices futuros americanos, com exceção do Nasdaq, operam em leve alta nesta quinta-feira, assim como as bolsas...

Fechamento B.Side: temporada de balanços e Fed mais dovish impulsionam Ibovespa para 126 mil pontos; dólar recua a R$ 5,10

Impulsionado pela temporada de balanços, o Ibovespa registrou alta de 1,34%, aos 126.285,59 pontos, com destaque para o setor bancário e Vale. Somado a isso,...

B.Side Daily Report: Decisão do Fed e temporada de balanços embalam mercado nesta quarta-feira; Santander anuncia saída de Rial como CEO

Mercado aguarda decisão de política monetária do Fed Os índices futuros americanos não definem sinal único, enquanto as bolsas europeias operam no campo positivo, com...

Fechamento B.Side: Ibovespa cai aos 124 mil pontos com temores sobre intervenção da China e com o mercado à espera de Fed; dólar opera...

Em um clima de maior aversão a risco para mercado emergentes, o Ibovespa registrou queda de 1,10%, aos 124.612,03 pontos, também impactado pela cautela...

B.Side Daily Report: bolsas adotam cautela com restrições na China e aguardam balanços de gigantes nos EUA

Bolsas globais adotam cautela com restrições na China Os índices futuros americanos, com exceção do Nasdaq, e as bolsas europeias operam no campo negativo nesta...
Publicidade