B.Side Insights

Daily report

Fechamento B.Side: Ibovespa se aproxima dos 105 mil pontos com investidores reagindo a balanços e otimismo no exterior; dólar recua a R$ 5,52

Fechamento B.Side: Ibovespa se aproxima dos 105 mil pontos com investidores reagindo a balanços e otimismo no exterior; dólar recua a R$ 5,52

Impulsionado por um movimento de otimismo no exterior e com investidores aprovando balanços domésticos do terceiro trimestre de 2021, o Ibovespa registrou alta de 1,37%, aos 104.824,23 pontos. Na semana, o índice teve valorização de 1,27%. O mercado também monitorou o leilão do 5G, que resultou em uma soma de R$ 46,8 bilhões em arrecadação.

Em Wall Street, as bolsas americanas subiram em bloco, reagindo positivamente aos dados americanos de emprego. Os Estados Unidos criaram 531 mil vagas de trabalho em outubro, acima das projeções de 450 mil vagas no período. Além disso, a taxa de desemprego caiu para 4,6% no último mês. O S&P 500 registrou sua sétima sessão consecutiva de alta.

No mercado de câmbio, o dólar à vista caiu 1,49%, cotado a R$ 5,5227, diante de um ambiente global com menor aversão a risco, deixando um pouco de lado as preocupações fiscais das últimas semanas. Na semana, a moeda americana recuou 2,18%.

Destaques da Bolsa

Entre as principais altas do dia na B3, as ações de PetroRio ON dispararam 17,87%, após a empresa informar que foi escolhida pela Petrobras para iniciar negociações exclusivas com a petrolífera dentro do processo de desinvestimento nos campos de Albacora e Albacora Leste, na Bacia de Campos.

Já os papéis das varejistas tiveram uma sessão de recuperação, com Magazine Luiza ON acelerando 12,27%, Via ON com acréscimo de 10,79% e Lojas Americanas PN se valorizando 7,42%.

As ações de Bradesco subiram 4,93%, após o banco reportar no terceiro trimestre de 2021 lucro líquido recorrente de R$ 6,767 bilhões, alta de 34,5% na comparação anual. Ainda no setor, os papéis de Banco do Brasil registraram alta de 2,23% e as units de Santander avançaram 1,15%. Na contramão, Itaú PN tombou 1,21%, ainda impactado pelo balanço divulgado ontem.

Pelo lado negativo, as mineradoras e siderúrgicas caíram em bloco, novamente impactadas pela queda do minério de ferro, cujo desempenho semanal conta com uma desvalorização superior a 10%. Sendo assim, Vale ON recuou 2,97%, Usiminas PNA tombou 2,03%, Gerdau PN se desvalorizou 4,00% e CSN ON perdeu 0,42%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigo anterior B.Side Daily Report: bolsas globais continuam em trajetória de alta à espera de payroll; leilão do 5G é destaque na agenda doméstica
Próxima artigo B.Side – Carta de Outubro ao Investidor