B.Side Insights

Daily report

B.Side Daily Report: bolsas operam sem apetite de olho no Fed e em temporada de balanços; mercado monitora dados do varejo

B.Side Daily Report: bolsas operam sem apetite de olho no Fed e em temporada de balanços; mercado monitora dados do varejo

Bolsas operam sem apetite com expectativa de aperto monetário do Fed

Os índices futuros de Nova York registram leves altas, enquanto as bolsas europeias adotam tom negativo nesta sexta-feira. Ontem, houve uma nova rodada de comentários de dirigentes do Federal Reserve sinalizando que podem estar preparados para começar a aumentar as taxas de juros nos Estados Unidos em março. Além disso, investidores também monitoram o início da temporada de balanços, com a divulgação dos resultados trimestrais de JPMorgan, Citigroup e Wells Fargo. Na agenda do dia, os EUA divulgam as vendas no varejo, às 10h30, e a produção industrial, às 11h15, ambos de dezembro.

Dados do varejo são destaque na agenda doméstica

No cenário doméstico, o destaque da agenda do dia fica por conta dos dados de varejo restrito e ampliado. Segundo projeções, o varejo restrito deve permanecer estável em novembro e acumular alta de 1,5% em 2021, enquanto o ampliado deve recuar 0,6%, mas acumular alta de 4,5% no ano. O mercado também segue atento ao noticiário fiscal. Ontem, o presidente do Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita (Sindifisco), Isac Falcão, se reuniu com o ministro da Economia, Paulo Guedes, para negociar uma readequação salarial para a categorira e classificou o encontro como “frustrante”. Além disso, deputados, senadores e ministros enfrentam embates a respeito da distribuição do Orçamento de 2022.

Aliansce Sonae propõe fusão com a BR Malls

No noticiário corporativo, a Aliansce Sonae propôs uma fusão com a BR Malls, oferecendo 80% em ações e 20% em dinheiro (R$ 1,35 bilhão) em troca de 50% na nova companhia, em um acordo que criaria a maior empresa de shoppings da América Latina. Já a Cyrela atingiu R$ 2,5 bilhões em VGV de lançamentos no quarto trimestre de 2021, uma baixa de 11,1% em relação ao mesmo período do ano anterior. Por fim, o conselho de administração da Minerva aprovou o início de estudos para
possível migração de sua base acionária para o exterior, com listagem das ações no mercado estrangeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigo anterior Fechamento B.Side: em sessão volátil, Ibovespa fica praticamente estável com exterior negativo; dólar recua a R$ 5,52
Próxima artigo Fechamento B.Side: Ibovespa se aproxima dos 107 mil pontos com apetite maior em relação ao exterior; dólar recua pelo 3º dia seguido